Cursos e Programas Exclusivos de Coaching

Cursos e Programas Exclusivos de Coaching

27/06/2012

Carta Para O Coração 2 - Disponível Só Para Ficar




"A maior parte das pessoas vê no problema do amor, em primeiro lugar, o problema de ser amado, e não o problema da própria capacidade de amar." - Erich Fromm


Você está disponível para amar e ser amado?

Disponível para o amor significa ser capaz de doar uma quantidade qualitativa de tempo, energia, atenção e presença para se conectar mental, emocional, espiritual e físicamente com o coração de outra pessoa.

Ou será que você deseja apenas "ficar", porque isso é suficiente e perfeito para você?

É cada vez maior o número de pessoas que procuram somente por beijo e sexo e não uma relacionamento afetivo.

E você o que está procurando? Tão importante quanto ser honesto consigo mesmo, saber o que quer é fundamental. As possibilidades de obter o que deseja são maiores quando você concentra o seu esforço e foca no seu objetivo. 

Independente da sua busca, este texto se refere às pessoas que estão disponíveis apenas para beijo e sexo. É o seu caso? Ou será que você quer uma relação e o seu parceiro quer outra coisa?

Características  das pessoas disponíveis só para beijo e sexo:

  • São emocionalmente indisponíveis;
  • São fisicamente ausentes; 
  • São receptores e não doadores;
  • Não querem responsabilidade;
  • São incapazes de se comprometerem; 
  • Amor não é um valor a ser considerado;
  • Relacionamento sério não é uma expectativa real;
  • Não estão procurando por "alguém" que irão mudá-los;
  • Focam em suas próprias necessidades pessoais e negligenciam as necessidades alheias;
  • Não possuem um interesse genuíno no outro, apenas no que vão obter do outro;
  • Possuem um senso de tolerância zero;
  • São controladores, pois tiveram na infância uma mãe superprotetora, manipuladora e invasiva ou um pai emocionalmente indisponível;
  • São confusos, inseguros e não sabem o que querem;
  • Possuem o medo do abandono, da rejeição e de serem controlados ou sufocados;
  • Comportam-se como mendigos pedindo aqui e alí atenção e simpatia de quem possa suprir sua carência;
  • Vivem uma situação paradoxal: almejam a independência mas são dependentes da própria mendicância;
  • Escondem-se em profundas camadas conscientes de orgulho, hipocrisia e falsa bondade;
  • São contraditórios, expressam verbalmente uma coisa e comportam-se de maneira diferente.
  • São colecionadores, adoram conhecer novas pessoas mas não se contentam com ninguém em particular; 
  • São caçadores natos e a sua busca nunca termina, pois não se envolvem emocionalmente com ninguém porque possuem medo de perder o poder pessoal ao se apaixonarem por alguém e também porque na verdade buscam algo que não existe;
  • Não são o tipo "para casar";
  • Se estão em uma relação, rejeitam  quaisquer avanços ou correções do próprio relacionamento;
  • São simplesmente incapazes de lidar com a realidade de um relacionamento;
  • Geralmente querem uma ligação a mais, mas têm muito medo de estabelecer uma. 
  • Raramente está sozinho, precisa se cercar de pessoas pois não suporta a solidão e o próprio vazio interior;
  • Não possuem a consciência da dor emocional que provocam no parceiro;
  • Normalmente não introduzem seus parceiros no seu contexo social (não apresentam para os amigos) ou familiar;
  • Evitam conflitos e confrontos a todo custo, fingindo que não há nada errado quando o problema é bastante óbvio para os outros;
  • Às vezes, quando confrontados podem mesmo se tornarem agressivos e violentos;
  • Costumam usar drogas, álcool, pornografia, videogames, TV e muitos outros vícios para manter-se  fora da realidade de suas próprias vidas e das vidas daqueles com quem se envolvem.
Este texto NÃO tem a pretensão de dizer o que é certo ou errado dentro dos padrões morais, mas aponta para o caminho do auto-conhecimento. Quando você se conhece e se aceita você fica  em paz com quem você é, pois os conflitos internos não possuem mais força sobre você. Quando você  conhece e aceita o outro você escolhe se pode  amá-lo incondicionalmente e deixar de lado a fantasiosa ilusão de tentar modificá-lo à sua expectativa irreal.

É possível construir um relacionamento saudável com um "mendigo emocional"? Não. A única coisa que você vai  conseguir com uma pessoa que não pode dar amor, porque ele ou ela simplesmente não tem isso é um  relacionamento de co-dependência, ou seja, uma relação que se quer obter do outro o que nenhum dos dois têm. Relacionamentos com as pessoas assim são muitas vezes deprimentes e angustiantes. Os parceiros acabam se sentindo abandonados, rejeitados e indesejados. É bastante doloroso o  relacionamento com as pessoas emocionalmente indisponíveis, pois as sensações gostosas de segurança, intimidade e confiança não existem. Quem se relaciona com pessoas assim vive um amor  unilateral e, freqüentemente expressam mais carinho, cuidado e empenho do que recebem.

Além de reconhecer é preciso saber lidar com  pessoas disponíveis apenas para beijo e sexo. 

Mas não existe uma possibilidade de que uma pessoa despertar para o amor dentro e na relação com o tempo? Sim, é só uma possibilidade entre muitas outras, ou seja, é a exceção e não a regra. Ainda assim, na maioria dos casos, simplesmente não vai acontecer. Se não temos o sentimento dentro, não podemos criar fora. E só podemos dar o que temos.

Essas pessoas podem se auto-trabalhar no  próprio desenvolvimento pessoal? Sim, mas só através de uma esforço sistemático e intenso, pois, como não possuem uma personalidade sólida e autêntica, vivem dentro de um contexto social (para serem aceitos pelo bando) muito grande, e isso é o que pode dificultar o processo. Para serem aceitos são e fazem o que esperam que eles sejam e façam. "Diga-me com quem andas que eu te direi quem és."  Não será possível construir a personalidade em torno dos melhores sentimentos, valores e de expressar a melhor versão de si mesmo, se passa a maior parte do tempo e investe a sua energia com pessoas emocionalmente tóxicas todos os dias. Ser seletivo na amizade é importante para ter referências positivas de sucesso no relacionamento.

Se você vive com alguém disponível só para beijo e sexo não tente mudá-lo, você só vai se frustrar. Tirar alguém dessa condição não está sobre o seu controle. O seu amor  não vai mudar quem não quer mudar, quem não faz da mudança uma opção ou que sente a necessidade de mudar. A mudança verdadeira acontece dentro, quando algumas questões surgem e começam a incomodar. São elas:

- Estou feliz com quem me tornei e com o que tenho?
- Estou vivendo a minha verdade?
- Ouço e sigo a voz do coração ou da mente?  
- Vivo a vida com um propósito?
- Posso sentir orgulho do que vou deixar como contribuição para o mundo? 
- Amei, amo, fui amado, sou amado?

Tire um tempo para refletir e responder a estar perguntas enquanto é tempo. Não corra o risco de perder alguém que você vai se arrepender para sempre. Antes tarde do que arrependido. Infelizmente, muitas vezes essas pessoas vão realmente perder o amor de suas vidas e perceber quando é tarde demais.

Disponível só para beijo e sexo é real. Goste ou não, é algo que em algum momento experimentamos com alguém. Agora se você quer gastar a sua preciosa vida com alguém assim, então você precisa ter um domínio enorme sobre os seus sentimentos, pois não importa quanto você queira, você deverá se contentar em receber quase nada, enquanto você estará dando tudo, todo o seu melhor e todo o seu amor para quem só quer fazer "saques" de beijo e sexo ao invés de "depósitos" constantes e profundos de união estável.


Por Silvia Parreira





1) Você tem medo de amar?
A dor da separação ou de ter amado e não ter sido correspondido, tudo isso deixa cicatrizes profundas que se não forem curadas irá impedir você de viver um feliz relacionamento novo.

Sem Medo De Amar De Novo é um programa de Coaching de desenvolvimento emocional afetivo com foco na cura das relações passadas e na orientação do seu sonho amoroso.


Clique no link abaixo e saiba mais





2) Como superar um amor não correspondido é a proposta deste programa pioneiro de áudio com dicas e exercícios práticos para todos os corações partidos.


                         
Como Superar Um Amor Não Correspondido


Idioma:
Português

Formato: MP3

Duração: 1 hora e 50 minutos

Investimento: R$ 8,00

 


Clique no link abaixo e saiba mais como
recuperar a sua dignidade e o comando do seu destino.

Amor Não Correspondido - Como Superar


Conheça também a série de postagens Carta Para O Coração








Se você gostou compartilhe. Sempre tem alguém que pode ser ajudado ao ler este texto. Não esqueça de dar os devidos créditos à autora.