16/02/2018

Conselhos, Lições e Dicas da Sil #16

Ponto de Partida: Soltar 

Para viver o seu melhor primeiro é necessário reconhecer o que no momento não está no melhor estado e deixá-lo ir para que aquilo que você deseja de melhor ser, fazer ou ter, possa vir e ocupar o espaço daquilo que está contrário ao seu melhor.

Esse é o ponto de partida. Soltar o que não seve mais para o seu crescimento pessoal e desenvolvimento espiritual.

Então feche os olhos e se concentre em tudo o que não está bem, em você (suas idéias, suas crenças, seu comportamento, seu corpo físico, suas emoções) e na sua vida (profissional, social, afetiva, familiar, financeira e espiritual).

Deixe que venha tudo e, um por um vá soltando afirmando a seguinte frase: "Estou disposta a soltar a necessidade de______________." Deixo  _________________ ir agora!"

Repita a frase diariamente 7 vezes seguidas  por sete vezes ao dia durante o período de 7 dias.

Mais do que a força da intenção e do comando na repetição da frase, a sensação de despreendimento, soltura e libertação deve ser vivamente experimentado.
Assim como dito e sentido a imagem deve ser vista também.  Veja (crie uma imagem) daquilo que você quer se libertar se soltando física e literalmente de você, do seu corpo, da sua mente, do seu coração.
Assim o exercício consiste em afirmar com convicção, sentir a sensação com força e ver com clareza.

Exemplos:

Estou disposta a soltar a necessidade de ser infeliz. Deixo a infelicidade ir agora!
Estou disposta a soltar a necessidade de estar sem trabalho. Deixo o desemprego ir agora ou deixo a falta de oportunidade ir agora!

Estou disposta a soltar a necessidade de ser pobre. Deixo a pobreza ir agora!

Estou disposta a soltar as dificuldades financeiras da minha vida. Deixo a falta de dinheiro ir agora!

Estou disposto a soltar a necessidade de estar sozinha. Deixo a  solidão ir agora.

Estou disposto a soltar a necessidade de ficar doente. Deixo a doença ir agora.

Estou disposto a soltar a necessidade de ficar estressado. Deixo o estresse ir agora.

Estou disposto a soltar a necessidade de me sentir inseguro. Deixo a insegurança ir agora. 

Estou disposto a soltar a necessidade de me sentir culpado. Deixo a culpa ir agora.


Por Silvia Parreira

Cursos e Programas Exclusivos

Cursos e Programas Exclusivos