19/10/2018

Conselhos, Lições e Dicas da Sil #54


Algumas pessoas temem tanto o que pode dar errado, que tomam suas decisões com base no medo. E adivinhem? Dá errado!

Não é sábio escolher pelo medo. 

Com medo não tomamos decisões inteligentes, estratégicas ou funcionais.

O medo nos cega, ele absorve toda a luz (a luz da clareza das coisas e a nossa própria iluminação pessoal) e rouba a nossa capacidade de vermos a nossa essência, e reconhecer que somos maiores que essa escuridão a que tanto tememos, chamada medo.

O medo não tem nada a nos oferecer a não ser  prisão (nos aprisionamos na nossa pequenez medrosa).

Usamos sim o medo para evitar algumas decisões, atitudes importantes e até os desafios da vida.

Acreditamos que estamos nos protegemos do medo (de errar, de fracassar, de não ser aceito, de perder, etc) quando na verdade estamos apenas resistindo e nos apoiando nele, e de certa forma, mantendo o medo.


Não é confortável e seguro sustentar o medo, tão pouco evitar ou fugir dele. Tudo isso só cristaliza ainda mais o medo.


O medo mata a nossa força, a nossa coragem, os nossos anseios, e vai enfraquecendo a nossa vontade de viver e realizar.


E assim, por medo, morremos aos poucos para os nossos sonhos de amor, sucesso, riqueza e felicidade.


Se dermos força e espaço, o medo cresce e nos domina.


Como vencer o medo?

Não precisa disso, desnecessário vencer ou fazer disso uma luta.

Precisamos apenas nos ater à escolhas e decisões mais conscientes e eficientes.

Precisamos decidir que somos maiores que qualquer medo (real ou ilusório).
Precisamos escolher tirar a atenção do medo (de perder ou da dificuldade) e colocá-la no que realmente queremos para nós, porque merecemos e somos capazes de.
Precisamos escolher sustentar a coragem e demandar esforços em condicionamentos corajosos e autoconfiantes.
Precisamos acima de tudo, agir mesmo com medo. 
Precisamos nos lembrar quem somos, do que somos feitos. Quanto a isso, medo algum pode!

Eis o seu poder.
Ou você escolhe ou o medo escolhe por você.
Ou você se torna quem você é, ou o medo altera e possui você!

Por Silvia Parreira


"Não há garantias. 
Tudo o que fazemos é regado por incertezas. 
Onde há riscos há o medo. 
Paralisar-se pelo medo não é uma opção. 
Arriscar-se é!"
Silvia Parreira


Cursos e Programas Exclusivos

Cursos e Programas Exclusivos