19/03/2012

Pais e a auto-estima dos filhos


Filhos não possuem manual de instrução, mas aqui estão algumas dicas que espero possam ajudar os pais a construir a auto-estima dos seus filhos.

O que falar e fazer para construir a autoestima dos seus filhos:
  • Diga ao seu filho que você o ama e deixe-o perceber que você se sente feliz por ele ser quem ele é e não pelo que ele faz por você para te agradar. 
  • Mostre ao seu filho que você o ama, passando um tempo com ele e fazendo coisas que ele gosta de fazer. 
  • Mostre respeito ao falar com seu filho. Ouça-o de uma forma que mostra que você se importa e que leva a sério o que seu filho tem a dizer. Isso não necessariamente significa que você concorda com seu ponto de vista.
  • Incentive seu filho a fazer amizades. 
  • Apoie o trabalho escolar - tenha interesse na vida escolar do seu filho sem assumí-la. 
  • Ajude seu filho a explorar algum hobby que ele tenha interesse.
  • Ajude o seu filho a sentir-se parte e necessário na família. De acordo com a idade do seu filho, peça ajuda com as tarefas domésticas, como alimentar o animal de estimação, pôr a mesa, lavar o carro, etc.
  • Tire fotos de seu filho para que ele desenvolva o senso de si mesmo e cresça sabendo que foi amado pelos pais.
  • Mantenha pequenos rituais familiares, por exemplo contar estórias ao deitar.
  • Celebre as conquistas de seu filho.
  • Mostre ao seu filho que você acredita nele. Não resolva todos os seus problemas. Ajude-o a aprender habilidades para resolver problemas.
  • Ensine as crianças a se sentirem seguros de si. Eles precisam ser capazes de dizer "não" para proteger-se em uma situação desagradável.
  • Ensine-os a confiar em seus sentimentos. 

Mensagens que ajudam a destruir  a auto-estima das crianças:
  • Ignorar e não demonstrar nenhum interesse neles.
  • Interagir com seu filho constantemente de modo irritado.
  • Fazer afirmações que dizem que você não gosta do seu filho.
  • Rótulos e esteriótipos negativos. "Você é ..." mensagens que dizem algo de ruim sobre eles como pessoas, por exemplo. "Você é ... preguiçoso, desarrumado, travesso, um incômodo, um valentão, tímido, "
  • Compará-lo com outras crianças, especialmente irmãos e irmãs que sugere que ele não é tão bom quanto os outros.
  • Dar mensagens que a vida seria melhor sem ele, por exemplo, ' Se não fossem as crianças  nós poderíamos viajar "ou" Eu queria que você não tivesse nascido ".
  • Ameaçar deixá-lo ou dá-lo se não fizer o que você quer.
  • Com o cenho franzido ou suspirar quando querem falar com você ou pedir-lhe algo que sugere que é muito esforço para que você possa dar-lhes o seu tempo.

Por Silvia Parreira

Interessado em ter uma boa autoestima e ser uma pai ou mãe exemplo para os seus filhos?
Entre em contato!


Cursos e Programas Exclusivos de Coaching

Cursos e Programas Exclusivos de Coaching