16/04/2015

Diário de Bordo #3 - Deu Merda

Ontem aconteceram duas sincronias de desabafos: duas pessoas muito queridas e próximas a mim reconheceram a merda que fizeram em suas vidas. 
Que pessoas iluminadas! Conscientes de suas ações e consequências. Tive muita compaixão por elas.
Não definitivamente não era hora de dizer palavras motivantes do tipo “tá tudo bem” ou “vai ficar tudo bem” porque o fato era que não estava nada bem para ambos e nem sei se havia indícios de que ficaria. Mas a sensação de admiração e compaixão foi absoluta. Entender sem julgar e ver através da posição da pessoa... uau! 

Queria ter podido dizer a coisa certa. Ter orientado para alguma solução... mas não o fiz.

Apenas me questionei: “- Quem nunca fez merda?”
Quem nunca arriscou a própria integridade física ou saúde fazendo alguma merda, se colocando em situações de risco?
Quem nunca fez merda no trabalho, carreira ou negócio?
E relacionamentos? Quem nunca sabia que o que estava fazendo era errado e fez assim mesmo e lógico...deu merda???
Dinheiro? Quem é investidor sabe que mesmo calculando os riscos nem sempre o capital investido retorna... profissionalmente falando orientei muitos a sair da merda que literalmente estavam e pessoalmente...também estive lá!



Conclusão?
Só sei que a vida não é uma merda porque falimos, perdemos oportunidades ou amores, porque adoecemos, ou porque somos inconsequentes e irresponsáveis com as nossas vidas. 
A vida é boa e tenta sempre reorganizar o caos (a merda) que dela fazemos colocando em ordem de novo para o nosso progresso. 
E também não somos feitos de merda...fazemos merda (literalmente inclusive)
Portanto não se defina pelas suas falhas, erros ou grandes merdas. 
É só uma merda...e isso também vai passar.
Ah e lembre-se: você não está sozinho(a), todo mundo faz, já fez ou ainda vai fazer muita merda...então relaxa, faz parte da nossa natureza.
Porém também faz parte da nossa essência a incrível capacidade de aprendizagem, superação e transcendência. Eu sei que você pode.
Mas até para sair da merda que você se meteu, é preciso decidir... decidir querer!

A dica é perdoe-se e bola para frente!
Faça o melhor que puder e seja o melhor que puder ser.

Existe um provérbio japonês muito sábio que diz: “Caia 7 vezes e levante-se 8”.

Por mim... Silvia Parreira


Diário de Bordo é uma série de relatos pessoais e profissionais (mediante autorização prévia do cliente, é claro), que tem por objetivo compartilhar o que eu aprendi ao longo da minha jornada profissional, como professora, empreendedora, terapeuta, consultora, conselheira e coach. 


Se gosto, compartilhe coma  sua rede social, pois sempre tem muita gente que pode se identificar ao ler e que precisa de ajuda.


Cursos e Programas Exclusivos de Coaching

Cursos e Programas Exclusivos de Coaching