15/12/2017

Não Sou Mais Educada

Não entendo esse lance de ser "educadinha".
Ter que agradar quem é desagradável com você.
Ter que considerar quem não tem consideração por você.
Ter que ser polida com quem não tem educação.
Ter que respeitar quem é desrespeitoso.
Ter que ter paciência com o que e quem é intolerável.
Ter que aceitar o que é inaceitável (de acordo com os seus valores, crenças   princípios, personalidade, temperamento e caráter).
Ter que suportar o insuportável.

Aí se você responde, de quebra você ainda ouve um "-Nossa, como você é grossa!" (porque as pessoas acham mesmo que podem ser francas, babacas e estúpidas dizendo o que querem para você e não podem ouvir!)

Aí se você se impõe e não aceita qualquer discurso de merda, você é criticada como déspota e tachada de mandona

Aí se você nem liga (não dá ouvidos, não compra o blá blá blá) você é fria e egoísta.

Se você chora porque paciência tem limite e sofrimento  também, você é desequilibrada emocional.

Se você não tolera certas coisas, pessoas ou situações, você é má.

Se você não vive como esperam que você viva, você é louca.

Se você não se comporta como querem, você é má educada.

Honestamente? Escolho ser civilizada e não mais educada! Dispensei a "educada" e dispenso toda falsa educação. 
Confesso também que não me preocupo se você gosta de mim, vou ser eu, vou continuar existindo do meu modo, da forma que eu gosto, mesmo se você não gostar. 

Além do mais,  a sua opinião a meu respeito não me define. 

Silvia Parreira

Cursos e Programas Exclusivos

Cursos e Programas Exclusivos